• Nélio Wanderley

Minuto dos Combustíveis - 25/01/2021



O Barril de Petróleo na Europa (BRENT) fechou a semana em US$ 55,41 ESTÁVEL em +0,56%, e nos EUA (WTI) fechou em US$ 52,27 ESTÁVEL em -0,17%. Houve aumento de 7,6% nos preços internos da GASOLINA pela Petrobrás em 18/01/2021, porém a ARBITRAGEM ainda permanece FECHADA para Gasolina e o Diesel muito descolado da paridade internacional. O Dólar fechou cotado a R$5,46, tendo ALTA FORTE +3,29% na semana. O Etanol Hidratado fechou ESTÁVEL em AL: R$2,07 / -0,62% e ALTA em SP: R$2,10 / +1,66%, em GO: R$2,07 / +1,56% e na PB: R$2,18 / +2,57%. O Etanol Anidro fechou a semana ESTÁVEL em GO: R$2,36/ +0,45%, em AL: R$2,64/ -0.34% e na PB: R$2,74 / +0,10%, e em ALTA em SP: R$2,43 / +1,49%.

NOTÍCIAS 25/01/2021


- Refinarias no Brasil bem disputadas- A Clara Camarão no RN entra no jogo de disputa dos principais Ultrapar e Raízen(Brasil), Sinopec(China), Mubadala(Emirados Árabes) e Essaz(Índia).

- Shell desenvolve projetos de energia solar na Paraíba- O empreendimento, com sete parques, teria uma capacidade instalada de cerca de 323 megawatts, segundo documentos da agência vistos pela Reuters.


- Volks defende uso de etanol como fonte de energia- Em Live do Valor, Di Si relata discussões para unir indústria, usinas, governo e área acadêmica para utilização da energia gerada pelo Etanol carregar baterias de veículos elétricos.

Fonte: Valor Econômico.

- Exportação de derivados de petróleo do Irã bate recorde apesar de sanções dos EUA- Estima-se que o Irã exporte menos de 300.000 barris de petróleo por dia (bpd), em comparação com um pico de 2,8 milhões de bpd em 2018.

Fonte: ricmais.com.br


- China compra petróleo venezuelano adulterado para driblar sanção- Este talvez seja o segredo menos bem guardado do mercado de petróleo: milhões de barris venezuelanos embargados pelos EUA têm chegado discretamente à China.

Fonte: Moneytimes.com.br


- Presidente da francesa PSA tem visão crítica sobre carro elétrico- Tavares prevê que com o fim do motor a combustão, os governos vão buscar uma forma de compensar a perda de receita obtida com impostos que incidem sobre combustíveis.

Fonte: Minaspetro.


SAIBA MAIS



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo